Trilogia da Inteligência senciente (1980).

(IV. Prólogo) -“Etapa metafísica noérgica”- “Por sua vez, a intelecção não é consciência: é mera atualização do real na inteligência senciente. É o tema do livro que acaba de publicar-se: Inteligência senciente” (NHD 29). Prólogo (in Inteligência e realidade. São realizações, São Paulo, 2011 p. x-lvi) de Inteligência e Realidade Por Xavier Zubiri. Nota. Nota.Continuar lendo “Trilogia da Inteligência senciente (1980).”

Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Desafios recompensados)

(Etapa metafísica “noérgica”) Lembramos ao leitor interessado na introdução à leitura de Zubiri, que encontrará, também, informação falada na entrevista a Marcílio Monteiro no Youtube Filosofia ser e pensar para esta etapa que estamos desenvolvendo.  Marcilio desde Pernambuco entrou em contato conosco através do e-mail que encontrou no livro O que é a Inteligência? FilosofiaContinuar lendo “Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Desafios recompensados)”

Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Encantamentos)

(Etapa metafísica “noérgica”)  “Desse modo, o presente livro Natureza, História, Deus, é uma etapa não somente superada, mas assumida nessa metafísica do real, em que há 35 anos me tenho empenhado. É, repito a etapa determinada pela inspiração comum do real enquanto real. É uma etapa rigorosamente metafísica. Nela me vi forçado a dar umaContinuar lendo “Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Encantamentos)”

Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Prelimilar)

(Etapa metafísica “noérgica”-) Considerações preliminares depois do estudo introdutório de Natureza, História, Deus e de Sobre la esencia. Achamos que este é o momento oportuno de fazer algumas considerações que atravessam necessariamente o encontro diferente com as leituras da obra X. Zubiri. Embora, as façamos honestamente, podem parecer petulância para muitos que negam que aContinuar lendo “Trilogia da Inteligência senciente (1980-1983). (Prelimilar)”

Revista de Cultura Teológica

Caixa de entrada Pe. Matheus S. Bernardes <pe.matheusbernardes@gmail.com> qua., 11 de ago. 14:26 (há 18 horas) para mim Estimado Prof. Tejada,Espero que esteja bem!Sou Pe. Matheus S. Bernardes, professor da PUC-Campinas, e trabalho com o grupo de pesquisa Teologia Litúrgica e Inteligência Senciente da PUC-SP. Estamos fechando os artigos que serão publicados em um dossiê sobre XavierContinuar lendo “Revista de Cultura Teológica”

“A ética do século XXI é a Bioética”, afirma filósofo espanhol.

Entrevista com Diego Gracia, médico bioético espanhol e presidente  da Fundação X. Zubiri. (0riginou, em 18/11/ 2017, o trabalho de Felipe Cherubin com o mesmo título publicado no Estadão). Por Felipe Cherubin. Nota. De novo Felipe Cherubin dialogando com o grande médico e filósofo espanhol Diego Gracia, discípulo de X. Zubiri. 1.-O que é aContinuar lendo ““A ética do século XXI é a Bioética”, afirma filósofo espanhol.”

Bate-papo: Entrevista com Thomas Fowler

                Entrevista concedida a Felipe Cherubin, em 12/04/2013. (in O que é a inteligência? Filosofia da realidade. 212-217). Por Felipe Cherubin Nota  Thomas Fowler é fundador e presidente da Fundação Xavier Zubiri da América do Norte, dedicada à divulgação da obra do filósofo no mundo de fala Inglesa. Editor da revista “The Xavier Zubiri Review”.Continuar lendo “Bate-papo: Entrevista com Thomas Fowler”

Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri. (Parte III).

3.- Reflexão filosófica de Felipe Cherubin sobre a superação das “camufladas dificuldades” sobre o pensamento zubiriano na filosofia e no Brasil Por Felipe Cherubin “Devaneios” sobre o “de seu” de Felipe Cherubin (in memoriam). Nota 1. Quanto mais lemos Zubiri, mais nos cativa de muitas maneiras desafiantes, entretanto, mais nos sentimos imersos na sua propostaContinuar lendo “Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri. (Parte III).”

Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri. (Parte II).

2.- Os problemas da divulgação de Zubiri na leitura brasileira: “a realidade como formalidade de seu (de suyo)”. (Este texto, que hoje copiamos para ser lido depois de Sobre la esencia, foi feito especialmente para enfrentar de vez o problema da recepção de Zubiri no sua base única: A realidade antes do ser. Desde asContinuar lendo “Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri. (Parte II).”

Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri.(Parte I).

Nota. Fazendo o percorrido filosófico de Zubiri não podemos de não lembrarmos da experiência que tivemos na primeira leitura, como acontece até hoje tentando apresentar Sobre la esencia. Achamos oportuno enfrentar esse problema. Esta obra é a central, e a partir de sua elaboração, Zubiri chegará até a Trilogia senciente. Já iniciamos a dar maisContinuar lendo “Os problemas do estilo e da linguagem “na recepção brasileira” do pensamento de X. Zubiri.(Parte I).”

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora